A Papiro anuncia que o seu serviço de estafetagem está agora também disponível de forma totalmente digital. Depois de ter colocado à disposição dos seus clientes esta prática inovadora de estafetagem há cerca de um ano, funcionando então através de telefone ou formulário físico, a Papiro passa a ter o serviço acessível através de um portal eletrónico acessível 24 horas por dias, 7 por semana através de qualquer dispositivo com acesso à Internet e browser.

Habituada já a circular por todo o país com a documentação que os seus clientes guardam nos centros de arquivo, a Papiro coloca à disposição das empresas uma equipa dedicada, dotada de meios técnicos adequados à prestação de um serviço de proximidade, para executar com eficiência e controlo as necessidade diárias das empresas no que respeita à recolha e entrega de documentos ou volumes de dimensões diversas por todo o país, com diferentes níveis de serviço e escalas de prioridade. Com este novo acesso totalmente digital, as empresas obtêm outros tipos de benefícios como a reorganização do serviço, a rentabilização dos processos e a agilização das entregas e recolhas.

Esta vertente digital do serviço dá aos clientes o acesso a um dashboard que lhes permite não só analisar os pedidos e ter acesso a vários níveis de reporting, mas também a manterem-se sempre par do estado dos seus pedidos. Além desta importante componente de se ter todo o histórico à distância de  um clique, a plataforma disponibiliza um backoffice controlado pelo responsável da estafetagem e garante uma visão perfeita ao motorista da Papiro sobre as suas tarefas, nomeadamente a rota que tem a fazer e o destinatário a quem se deve dirigir.

A segurança é outro elemento indispensável da solução, sendo a validação da entrega feita por assinatura. Isto permite abandonar a emissão do tradicional original e duplicado em papel, tornando o processo amigo do ambiente. Por outro lado, o serviço de estafetagem garante a confidencialidade dos objetos a transportar através do uso de malas específicas, sacos adaptados e outras várias formas seguras de transporte dos bens, sejam eles correio interno, cheques, encomendas e todo o restante tipo de materiais que as empresas enviam e recebem.

Francisco Mendes, presidente do conselho de administração da Papiro, sublinha que “o serviço de estafetagem foi criado para podermos prestar um serviço de maior proximidade aos nossos clientes, e a disponibilização desta plataforma eletrónica não só permite reforçar essa proximidade como também agiliza a produtividade face a pedidos urgentes, por exemplo”.

Disponível em https://estafetagem.papiro.pt/pt, a plataforma eletrónica de acesso ao serviço de estafetagem integra-se perfeitamente com o número verde 800 50 2001 lançado no início do ano.