A Papiro, empresa especializada em Gestão de Processos de Negócio (BPO) e serviços de Gestão Documental, estabeleceu um protocolo com a Quercus para a realização de atividades conjuntas de conservação e defesa do ambiente em geral.

Ao abrigo deste acordo, a Papiro avança agora com uma iniciativa que tem como objetivo ajudar à reflorestação das áreas ardidas em Portugal, e compromete-se a plantar uma árvore por cada tonelada de resíduo recolhido através dos seus contentores de destruição confidencial, no final de cada ano civil.

A campanha – “Por cada tonelada de resíduo recolhido, plantamos uma árvore” – pretende ajudar a reflorestar as zonas afetadas, melhorar a qualidade do ar e proteger os solos. A Papiro segue uma política ambiental que assenta na diminuição do consumo de recursos naturais e no correto tratamento e reciclagem dos resíduos decorrentes da sua atividade.

Esta iniciativa espelha o papel ativo que a empresa mantém na sociedade, no que diz respeito à implementação de boas práticas ambientais e sociais, e visa contribuir para um futuro mais sustentável.

Para Francisco Mendes, Presidente do Conselho de Administração da Papiro, esta ação “demonstra a preocupação que a empresa tem para com o meio ambiente, numa campanha que também visa sensibilizar o tecido empresarial português para a diminuição do consumo de recursos naturais”.

No final de cada ano civil, cada cliente recebe um certificado que atesta o seu contributo na proteção do meio ambiente.